Histórico

Em 1949 foi criado o Ginásio Tiradentes da Polícia Militar, fruto do esforço e ideal de alguns oficiais da PMMG e colaboração de toda Corporação, com o objetivo de oferecer educação escolar aos militares e seus dependentes.

Tornou-se uma necessidade a criação de anexos em cada Unidade da PMMG do interior.

O Colégio Tiradentes de Manhuaçu, criado com o anexo VIII do Colégio Tiradentes de Belo Horizonte, baseado na lei 480 de 10/11/1949, assim se denomina em homenagem ao protomártir da independência.

O Anexo VIII de Manhuaçu, foi criado pelo Cmt do 11º BPM, Major Luiz Nunes Neto, em dezembro d 1964, tendo sido designado diretor: Dr. Ary Nogueira da Gama; Secretário: Capitão Fábio do Patrocínio.

Em fevereiro de 1965 foi realizado o 1º exame de seleção e as aulas tiveram início em março, funcionando em prédio gentilmente cedido pela Educadora Sociedade Anônima (ESA), tendo sido a bênção das instalações feitas pelo Padre Antônio de Miranda, atual Bispo de Lorna, no Estado de São Paulo, e a aula inaugural foi proferida pelo Major José Ribeiro do Vale.

Em 1965 funcionou com três primeiras séries diurnas, duas primeiras séries noturnas e um científico também noturno.

A criação do científico foi em atendimento à solicitações da população de Manhuaçu, por não existir nenhum outro curso científico na cidade. Em 1966 dobrou o número de suas turmas funcionando já com 12 turmas. Em abril de 1967 foi solenemente instalado no atual prédio próprio. Prédio este construído pelo pessoal do 11º BPM, que mesmo não tendo instalações próprias para o seu uso, não mediu esforços em dotar Manhuaçu de um colégio com instalações funcionais. A construção do prédio foi iniciada no comando do Major Luiz Nunes Neto e colocada em condições de funcionamento no comando do Tenente Coronel Jacinto Franco do Amaral Melo. Todos os demais comandantes do 11º BPM, têm colaborado na sua melhoria, sendo que na administração do Ten. Cel Francisco Pereira Xavier, foram feitas a cobertura, a pintura e o acabamento da fachada com ajardinamento, sendo ainda na mesma data construída uma laje que passou a ser utilizada como cantina, mais uma sala de aula e um pátio interno para recreio. Em 1967 o Colégio Tiradentes entregou a Manhuaçu a primeira turma de formandos do curso científico, o que tem se repetido todos os anos e grande número de nossos alunos cursam atualmente cursos superiores em diversas faculdades.

Em 1967, assumiu a secretaria do Colégio em substituição ao Cap. Fábio do Patrocino o Cap. Jairo Gomes de Oliveira que exerceu o cargo até 1970 e em 1971, assumiu o cargo o Ten. Adesílio Carneiro Borges.

Ainda em 1972 assumiu a direção do Colégio o Cap. Jairo Gomes de Oliveira em substituição ao Dr. Ary Nogueira da Gama.

Em 1973 assumiu a direção do Colégio o Cap. Vicente dos Santos em substituição ao Cap. Jayro Gomes de Oliveira e como secretário o Ten. Alair Silva Lajes, em substituição ao Ten. Adesílio Carneiro Borges.

Em 1974 assumiu o cargo de secretário o cabo José Alvim de Souza.

Em 1977, o Colégio Tiradentes teve sob sua direção o Padre José Martins da Silva, que substituiu o Cap. Vicente dos Santos e nesse mesmo ano foi criado pelo Padre José Martins o Banco de Livro e Centro Cívico “Ademir de Barros”. O colégio sempre foi marcado por administradores sérios e comprometidos com o engrandecimento da Instituição.

Existe ainda no CTPM de Manhuaçu uma Diretoria Pedagógica:

1) ARY NOGUEIRA DA GAMA 1965- 1972

2) JAIRO GOMES DE OLIVEIRA 1972 – 1973

3) VICENTE DOS SANTOS 1974 – 1977

4) JOSÉ MARTINS DA SLVA 1977- 1978

5) JOÃO CÉSAR DE OLIVEIRA LEITE NETO 1978 – 1987

6) MARILENE PLETIKOSZITS DE ANDRADE 1987- 1989

7) MARGARETE ZAPALA PIMENTEL. BAPTISTA 1989 – 1992

8 ) REGINA CÉLIA XAVIER DA SILVA 1992- 1996

9) CÁSSIO MURILO DE SOUZA 1996- 1999

10) CLÓVIS DORNELAS FILHO 1999-2004

11) VALÉRIA DE AQUINO XAVIER ATUAL DIRETORA

Uma resposta para “Histórico”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *